Fique por dentro das novidades e saia na frente

Receba e-mails semanalmente com novidades.

 

 

Gestão de estoque - como a má administração pode falir uma empresa?

Postado por Márley Nolêto

Postado em 12/09/2016 08:00:00


Gestão de estoque: como a má administração pode falir uma empresa?

Você já parou para pensar que a gestão de estoque do seu negócio pode afetar as finanças da empresa e até levá-la à falência? Saiba que essa possibilidade não é exagerada. Se o estabelecimento não dimensiona corretamente as compras de fornecedores, pode cair num desequilíbrio financeiro enorme.

A falta de planejamento e de controle do estoque mina vários aspectos da atuação de um negócio. Se o empresário só analisa as vendas e o faturamento, corre o risco de perder dinheiro ao não avaliar os produtos armazenados na empresa.

Veja, em seguida, como a má gestão de estoque pode prejudicar o seu negócio.

Capital imobilizado

No passado, quando a inflação mensal era altíssima, comprar muitas matérias-primas para estocar poderia ser vantajoso, já que o preço desses insumos poderia subir bastante de um mês para o outro.

Porém, hoje em dia, com os valores mais estabilizados e com o uso cada vez maior do sistema de produção just in time ("na hora certa"), as empresas buscam ter uma gestão de estoque otimizada. Dessa maneira, evitam que o capital financeiro fique imobilizado em mercadorias que podem demorar a ser comercializadas.

Ausência de integração de processos

O ideal é que, quando um produto é vendido, ocorra a baixa no estoque da quantidade negociada. Porém, se há falta de integração de processos na empresa, o gestor não tem um controle efetivo de estoque.

Com isso, o empresário perde tempo para monitorar as quantidades vendidas e pode usar do "achismo" para fazer compras de fornecedores, com base apenas na experiência pessoal. Dessa forma, a empresa pode perder dinheiro com aquisições desnecessárias.

Falta de previsibilidade na gestão de estoque

Em alguns segmentos de mercado, é comum haver variação de vendas conforme a época do ano, o que caracteriza a chamada sazonalidade no âmbito empresarial. Sem dados confiáveis sobre a entrada e a saída de mercadorias, o empresário pode tomar decisões "no escuro".

Quando o gestor tem um sistema de gestão para monitorar os processos do negócio, pode controlar compras, produção, estoque, vendas e entregas, de modo a aumentar a eficiência da empresa.

Com esses cinco departamentos em sintonia, fica mais fácil ter operações competitivas no mercado em que se atua. Afinal, dessa maneira a empresa terá uma alocação de recursos otimizada, sem desperdícios que prejudiquem o caixa do negócio.

Risco de perda de vendas

Muitos empresários fazem compras além da conta, para garantir que haverá estoque suficiente para a demanda e, assim, não perder vendas. O problema dessa estratégia é que as aquisições podem ser além do necessário e, assim, retirarem dinheiro do capital de giro da empresa.

Quanto o estabelecimento faz uma gestão de estoque informatizada, poderá trabalhar com os conceitos de estoque mínimo, médio e máximo, que levam em conta as vendas habituais do produto, o tempo de entrega do fornecedor e as condições certas para se fazer um pedido de compras.

Você quer otimizar a gestão de estoque da sua empresa, para melhorar as finanças do seu negócio? Então,entre em contato conosco e veja como o Sistema Gon pode ajudar o seu empreendimento a ter mais eficiência nos processos produtivos.

voltar