Fique por dentro das novidades e saia na frente

Receba e-mails semanalmente com novidades.

 

 

Conheça 5 erros mais comuns no controle do estoque

Postado por Márley Nolêto

Postado em 14/06/2016 17:45:00


Conheça 5 erros mais comuns no controle do estoque

A falta de um controle de estoque eficiente pode arruinar qualquer negócio. Independente do tamanho da empresa, ninguém está imune a falhas que podem custar caro e significar grandes perdas em vendas e produtividade.

Pensando nisso, listamos abaixo os 5 erros mais comuns na gestão de estoque e as ferramentas necessárias para evitá-los. Confira!

1. Não fazer controle de inventário

Para começar uma gestão de estoque eficiente, o primeiro passo é ter um inventário atualizado. Essa é a regra de ouro para a sobrevivência de qualquer empresa.

Se você ainda não fez um balanço do seu estoque, mobilize seus funcionários e realize o quanto antes! O primeiro passo é saber exatamente quais e quantos produtos a empresa tem e a partir daí delegar para um funcionário, ou no máximo dois, a responsabilidade de manter essa informação sempre atualizada, com os fluxos de entrada e saída de cada produto.

2. Não descrever detalhadamente os itens do estoque


Ao fazer um controle do inventário, nunca deixe de descrever os produtos de forma detalhada, anotando, por exemplo, cor e tamanho. Mesmo que seja um pouco mais trabalhoso, a identificação precisa de cada item evita duplicidade e facilita para o vendedor achar exatamente o produto pedido pelo cliente. Além de ajudar na hora de fazer uma previsão de demanda mais eficiente.

3. Não prever demandas com precisão

Agora que você já tem um controle de inventário, é possível prever melhor quando comprar um produto e evitar a perda de vendas.

A previsão de demanda é fundamental para manter o número certo de itens em cada período do ano, evitando a falta de algum produto e o acúmulo de itens encalhados, que geram prejuízo e o aumento do custo de armazenamento.

4. Não utilizar um sistema de controle do estoque

As empresas que ainda fazem o controle do estoque na ponta do lápis ou com ajuda das planilhas de Excel podem estar perdendo tempo e dinheiro. A organização e controle realizados de forma manual levam muito tempo para serem feitos e os riscos de erros e perdas de dados envolvidos no processo são enormes!

É possível melhorar a rentabilidade da empresa simplesmente adotando um software de controle do estoque hospedado na nuvem. Com políticas de segurança rigorosas, o sistema permite automatizar boa parte das tarefas, reduzir custos, eliminar a necessidade de retrabalho e aumentar a produtividade dos funcionários.

Utilizando um sistema de controle do estoque online, o gestor poderá manter o inventário atualizado em tempo real, de forma simples e prática.

5. Não preparar a equipe

Mesmo com um sistema de gestão informatizado, a falta de treinamento adequado pode afetar gravemente a capacidade dos funcionários de atender o setor com eficiência, gerando um alto índice de retrabalho.

O controle do estoque pode parecer uma tarefa complicada, mas é extremamente necessária! Através de um processo simplificado e uma ferramenta confiável, a gestão eficiente irá reduzir significativamente os erros, automatizar operações e levar ao aumento das vendas.

Gostou das dicas? Aproveite para baixar o nosso E-book Gestão de estoque: tudo o que você precisa sabere aprimorar ainda mais o controle de estoque da sua empresa!

voltar