Fique por dentro das novidades e saia na frente

Receba e-mails semanalmente com novidades.

 

 

Como computação em nuvem ajuda PMEs a diminuir custos?

Postado por Marley Nolêto

Postado em 24/09/2015 15:00:00


Em 2012, quando a computação em nuvem ainda era uma novidade no Brasil, um estudo de mercado já estimava que 45% das pequenas e médias empresas (PMEs) fariam uso dela para reduzir custos, ganhar escalabilidade de produção, inovar e crescer. Hoje as empresas em crescimento, que representam grande parte dos negócios do país, já estão vendo os resultados com a adoção de soluções e infraestrutura de TI baseadas na nuvem.

E você? Já está utilizando computação na nuvem para diminuir custos e ganhar competitividade? A seguir, veja como isso é possível!

4 formas com que a computação em nuvem ajuda as PMEs a diminuir seus custos

1 -  Infraestrutura interna mínima

Todo o aparato tecnológico (softwares e hardwares) necessários para manter uma infraestrutura interna não é mais necessário ao contratar um serviço de cloud computing. Isso significa que a empresa não precisa mais adquirir bancos de dados, servidores, datacenteres, entre outros, pois tudo isso fica a cargo do provedor de nuvem e os sistemas e serviços são disponibilizados via internet.

Além disso, quando a operação crescer, haverá flexibilidade para aumentar o número de usuários dos sistemas, a capacidade de armazenamento etc. com apenas uma alteração no contrato, sem precisar comprar mais licenças ou fazer intervenções máquina a máquina.

2 - Equipe de TI mais estratégica e com atuação mais consultiva

Ao invés de manter uma equipe de TI focada somente nos aspectos técnicos da operação da empresa, com a computação em nuvem, é possível elevar a atuação para um nível mais consultivo.

Assim, com as atividades táteis sendo feitas pelo provedor de nuvem, o pessoal de TI pode ajudar a empresa a inovar tecnologicamente por meio de elaboração de relatórios mais eficientes e análise de dados que ajudem a tomar decisões melhores, entre outros.

3 - Gasto sob medida

Ao invés de comprar a licença de um software com um monte de funcionalidades que nunca serão utilizados pela empresa, no modelo cloud computing é possível adquirir apenas os módulos necessários. E mais, só pagar quando utilizá-los.

Isso diminui muito os custos com sistemas e serviços de TI, pois também dá mais previsibilidade de investimento.

4 - Mobilidade

A computação em nuvem também dá mobilidadade aos profissionais da empresa, uma vez que podem acessar aos sistemas e aplicações de onde estiverem e com qualquer dispositivo móvel desde que conectados à web e de posse de uma chave de acesso.

Isso faz com que um vendedor, por exemplo, ganhe tempo ao imputar os dados de um pedido no mesmo instante em que fecha a venda com o cliente. Ao invés de lançar mão do telefone e ligar para o backoffice para processar o pedido, ele ganha tempo e evita gastos de telefonia.

Além disso, as pessoas podem trabalhar de casa ou trazer seus próprios equipamentos para o escritório, o que também ajuda a reduzir custos. A mobilidade dá também um salto no atendimento ao cliente, o que trás melhores retornos para a empresa.

Que tal? Gostou destas dicas? Compartilhe este post e deixe seu comentário!

voltar