Fique por dentro das novidades e saia na frente

Receba e-mails semanalmente com novidades.

 

 

8 melhores dicas para delegar tarefas

Postado por Márley Nolêto

Postado em 03/06/2016 10:15:00


Ninguém pode fazer tudo sozinho. E quanto mais seu negócio cresce, mais verdadeiro isso se torna. Portanto, é essencial saber delegar tarefas para a sua equipe, ficando livre para desempenhar suas funções de fato.

Além disso, repassar atividades dá aos funcionários a experiência prática que eles precisam para desenvolver uma ampla gama de habilidades, garantindo que estejam prontos para evoluir e crescer junto com a empresa. Infelizmente, muitos gestores deixam de colher os benefícios da boa organização e distribuição de processos.

Agora, daremos oito dicas para que você consiga ótimos resultados junto à sua equipe, dividindo e otimizando processos.

1. Determine a necessidade de sua atuação no negócio

Os empreendedores bem-sucedidos conhecem seus pontos fortes e fracos. Você pode ser um gênio em vendas e marketing, mas não em logística. Então, por que não delegar tarefas dessa e de outras áreas aos funcionários que são melhor capacitados nelas?

Além disso, enumere os pontos do negócio que precisam de você mais ativamente, delegando os outros, mesmo que seja uma área em que você tem conhecimento.

2. Estabeleça claramente os resultados desejados

Ao repassar ações, especifique a finalidade. Mas, antes, saiba identificar claramente as restrições e limites de cada um. Isso será fundamental para que o trabalho seja entregue ao colaborador certo e o objetivo seja atingido.

3. Dê apoio e lidere

Garanta o sucesso do projeto através da comunicação e do acompanhamento contínuo, bem como do fornecimento de recursos necessários.

Quando se faz uma delegação de obrigação, esse apoio é fundamental para que o subordinado entenda que ele pode contar com você caso precise.

4. Seja bem compreendido na comunicação

Um dos erros mais comuns cometidos por superiores está em presumir que os funcionários sempre entendem o que eles dizem, sem certificar-se disso.

Seja claro, objetivo e conciso. Após isso, pergunte se tudo foi entendido e se não há ainda alguma dúvida.

5. Foque nos resultados

Preocupe-se com o que será feito, em vez de detalhar como o trabalho deverá ser feito.

Sua maneira não é necessariamente a única ou mesmo a melhor de agir. Permita que a pessoa controle seus próprios métodos e processos, dentro do que é aceitável e coerente.

6. Motive

Discuta como o sucesso vai resultar em recompensas financeiras, oportunidades futuras, reconhecimento e outras consequências desejadas pelos colaboradores.

7. Utilize o feedback como aprendizagem para a liderança

Após delegar tarefas, faça um acompanhamento para aprender com a situação. Pergunte aos funcionários se eles conseguiram ​​executar e se tinham todas as informações que precisavam.

Com esse retorno, poderá ter uma ideia melhor sobre como conduziu o processo. O feedback será útil para que você possa organizar a mão de obra no futuro de forma mais efetiva.

8. Faça correções quando for necessário

Caso o progresso se mostre muito longe das diretrizes estabelecidas, é hora de tomar uma atitude corretiva imediata e decisiva. Faça isso primeiro através do diálogo e pessoalmente. Coloque as ações, junto ao subordinado, de volta no caminho do planejamento.

Na hipótese de isso não funcionar, tome as rédias da situação ou repasse o trabalho a outra pessoa, com as recomendações, apoio e recursos pertinentes.

Quanto mais cedo você dominar a habilidade de organizar e distribuir o emprego das habilidades das pessoas, mais cedo o seu negócio colherá os frutos da equipe de trabalho.

Você tem dificuldade ou facilidade em delegar tarefas? Compartilhe sua experiência nos comentários ou acrescente alguma dica que ache útil.

voltar