Fique por dentro das novidades e saia na frente

Receba e-mails semanalmente com novidades.

 

 

5 dicas para melhorar a gestão de estoque na sua empresa

Postado por Márley Nolêto

Postado em 25/04/2016 18:30:00


5 dicas para melhorar a gestão de estoque na sua empresa

A gestão de estoque é uma área que, apesar de lidar com atividades operacionais, proporciona diversas oportunidades de melhorias, que podem contribuir com resultados aprimorados, tanto do setor, quanto de outras áreas que possuem relação — direta ou indireta.

A seguir ofereceremos algumas dicas de como melhorar a gestão de estoque da empresa. Continue acompanhando a leitura e saiba quais são agora mesmo!

1. Fazer planejamento de médio e longo prazo

Como dissemos na introdução, a gestão de estoque lida com atividades operacionais. Isso acaba fazendo com que a maior parte do planejamento esteja ligada a essas atividades — recebimento, armazenagem, separação de pedidos, etc. Porém, o primeiro passo para melhorar a gestão de estoque é compreender que ela vai muito além do controle dessas atividades.

Ou seja, é preciso considerar questões de mercado, como sazonalidade e previsão de demandas e outras questões como índice de perdas, perecibilidade e obsolescência, por exemplo. Através desse conhecimento é possível alinhar os objetivos com os setores de compras e comercial e planejar ações futuras, de acordo com a estratégia empresarial. Logo, é essencial checar semanalmente o estoque.

2. Fazer inventários cíclicos

Os inventários periódicos são realizados em curtos períodos de tempo e em uma escala bem menor do que os balanços gerais. Eles podem ser planejados por grupo de produtos, por endereço ou por categoria de itens, por exemplo.

Eles são importantes, pois ajudam a identificar as principais causas de perdas, desperdícios, extravios e, por serem apontadas com maior frequência e agilidade, permitem que o gestor crie planos de ação muito mais assertivos para evitar essas ocorrências.

Além disso, esse balanço regular ajuda a encontrar furos no estoque e corrigir o endereçamento das mercadorias, mantendo o estoque mais organizado e facilitando a separação dos pedidos.

3. Organizar o layout

A organização e a disposição dos produtos no estoque fazem toda diferença nos níveis de produtividade da equipe. Essa organização inclui o endereçamento correto dos materiais (que facilitam na localização), além de basear-se no grau de rotatividade dos produtos. Ou seja, itens que possuem muita saída devem ser endereçados em alturas mais acessíveis e mais próximos da área de expedição, por exemplo.

Além disso, o ideal é que esse endereçamento seja realizado com base nas categorias/marca/linha dos itens, facilitando ainda mais o processo de separação.

4. Controlar todas as movimentações

Todas as atividades inerentes à gestão de estoque que envolvem movimentação de materiais — recebimento, estocagem, expedição — devem ser rigorosamente controladas e registradas. Isso ajuda a evitar furos no estoque e diminuir os índices de perdas, extravios e furos no estoque. Deve-se ter atenção aos processos de trocas e devoluções, visto que as chances de furos é bem maior nesses casos, quando não são controlados corretamente.

5. Utilizar um software de gestão

A implementação de um sistema ERP proporciona uma empresa mais integrada, com uma comunicação mais fluida entre as áreas. No caso da gestão de estoque, a integração com o setor de compras e comercial é feita automaticamente e facilita o compartilhamento de informações, melhorando rotinas como a previsão de demanda e a previsão de compras. Além disso, o sistema automatiza os processos, reduzindo custos, erros, retrabalho e melhorando os níveis de produtividade da equipe.

Uma boa gestão de estoque, além de trazer benefícios para o setor, melhora os níveis de atendimento de pedidos, contribui com a redução de custos e melhora a saúde financeira do negócio. Ou seja, deve ser aprimorada e passar por processos de melhoria contínua, garantindo cada vez mais vantagens para a empresa.

Gostou do nosso post de hoje? Algumas dessas dicas já são colocadas em prática no seu negócio? Deseja contribuir com mais alguma indicação de melhoria da gestão de estoque? Não deixe de compartilhar suas experiências conosco!

voltar